Como fazer uma boa escovação nos dentes

Para evitar o progresso de cáries e da padrão bacteriana nos dentes é necessário surrar os dentes ao menos 2 vezes ao dia, sendo que uma delas precisa ser constantemente antes de dormir, uma vez que ao longo a noite há maior momento das bactérias se acumularem na boca.


Para a escovadela dos dentes ser eficaz deve-se utilizar carteira com flúor a partir de o surgimento dos primeiros dentes e mantida durante da vida, para se preservar os dentes fortes e resistentes, evitando o progresso de cáries e outras doenças bucais como consumição e gengivite, que geram dor e dificuldade em alimentar-se, por exemplo.



Para preservar os dentes e gengiva limpos e saudáveis:


Colocar carteira de dente na escova que pode ser manual ou elétrica;


Descansar as cerdas da escova na região entre a gengiva e os dentes, fazendo movimentos circulares ou verticais, da gengiva para fora, e repetindo o movimento por cerca de 10 vezes, a cada 2 dentes.

Esse técnica similarmente precisa ser realizado na parte de dentro dos dentes, e, para apurar a parte de cima deles, deve-se realizar um movimento de vai-e-vem.


Surrar a linguarão fazendo movimentos para após e para a frente ;


Cuspir o exagero de carteira de dente ;

Bochechar um pouco de enxaguante bucal, para terminar, como Cepacol ou Listerine, por exemplo, para limpar a boca e eliminar o malévolo bafejo, pode ser um bom comportamento para preservar uma ótima higiene bucal.


A carteira de dentes precisa regular flúor em sua composto, em porção entre 1000 e 1500 ppm, informação que está registrada no chavão da embalagem da carteira de dentes, com o nome fluoreto de sódio e pode ser comprada no mercado, drogaria ou farmácia, não precisando ser uma marca sui generis ou cara.


A porção de carteira ideal para utilizar é de cerca de 1 cm para adultos, e o que corresponde ao massa da unha do vocação mindinho ou ao massa de uma petit-pois, no caso de crianças. Veja mais dicas sobre como adotar a melhor carteira de dentes para adultos e crianças.


Porção de pastaPasta de dentes com flúor


Para evitar o progresso de cáries, além de surrar os dentes de modo correto é fundamental evitar alimentar-se alimentos ricos em açúcar, especialmente antes de ir dormir. Não obstante, mais alimentos similarmente são capazes de deteriorar os dentes provocando receptividade e manchas, como café ou frutas ácidas, por exemplo.


Além disso, similarmente é fundamental ingerir água durante do dia para preservar a saliva na boca que auxilia a eliminar bactérias de maneira natural e evitar fumar. Para evitar o começo de cáries conheça mais alimentos que prejudicam os dentes.


Como surrar os dentes com aparelho ortodôntico

Saiba Mais: Você tem certeza de que escova os dentes corretamente


Para surrar os dentes com aparelho ortodôntico, deve-se utilizar uma escova comum, e começar com movimentos circulares entre a gengiva e a parte de cima dos brackets, com a escova a 45º, removendo a impureza e placas bacterianas que são capazes de estar nesta região.


Posteriormente, o movimento precisa ser retinido na parte de baixo dos brackets, similarmente com a escova a 45º, removendo similarmente a padrão neste local. Posteriormente, o técnica na parte interna e de cima dos dentes é aproximado ao revelado no passo-a-passo.


A escova interdental pode ser usada para atingir locais de complicado acesso e para apurar as partes laterais dos brackets, uma vez que possui uma ponta mais fina com cerdas e, dessa forma, é bastante benéfico para que pessoas usa aparelhos ou para quem possui próteses.


COMO PRESERVAR A SAÚDE DA BOCA NA INDIVÍDUO ACAMADA


Como preservar a higiene da escova de dentes
Para preservar a higiene da escova de dentes ela não precisa ser compartilhada com mais para coarctar o perigo de reproduzir cáries e outras infecções na boca, devendo ser guardada num local seco, com os as cerdas viradas para cima protegida com uma tampinha.


A escova de dentes pode ser manual ou elétrica e precisa ter cerdas finas e macias para não melindrar as gengivas e provocar sangramento.


Higiene da escova


No momento em que as cerdas da escova começam a ficar tortas deve-se trocar a escova pela nova, que acontece geralmente de 3 em 3 meses. Similarmente é bastante fundamental substituir de escova depois de uma constipação ou constipado para diminuir o perigo de ter uma nova infecção.


No momento em que ir no dentista


Para preservar a boca sadio e sem cáries deve-se ir no dentista ao menos 2 vezes por ano ao ano para avaliar a boca e perceber precocemente complicações dentários, ou de acordo com a recomendação do seu dentista.


Além disso, mais sinais que indicam urgência de ir no médico incluem sangramento e dor nas gengivas, malévolo bafejo constante, manchas nos dentes que não saem com a escovadela ou mesmo receptividade nos dentes e gengivas ao alimentar-se alimentos frios, quentes ou duros.

FONTE: https://www.r7.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *