Como Identifica e Tratar a Cárie Dentária

A consumição dentária, similarmente conhecida popularmente como dente estragado, é uma infecção dos dentes causada por bactérias que formam placas duras e complicados de dispensar em casa. Nesta padrão as bactérias vão aos poucos perfurando o esmalte dos dentes causando dor e pesar no momento em que chegam nas partes mais profundas dos dentes.


Uma das principais bactérias causadoras da consumição é a Streptococcus mutans, especificamente em crianças, que pode ser fácil transmitida de uma indivíduo para outra por meio do contato próximo como o gracinha na boca ou ao se quebrar talheres, por exemplo. Dessa maneira, no momento em que se possui uma consumição é sugerido evitar oscular na boca da criança, também que seja filho, nem sequer comprovar a alimento dele, para saber se está bastante quente, usando o mesmo talher.


Não obstante, a essencial pleito do começo de cáries continua sendo a falta de higiene bucal, especialmente no momento em que associada ao uso sobejo de alimentos com açúcar, como bolos, doces ou biscoitos, uma vez que são elementos que facilitam o progresso de bactérias nos dentes.


Vestígios e sinais de consumição dentária


O essencial sinal da consumição é a dor de dente, porém em alguns casos pode também interessar:


Dor que aumenta ao alimentar-se ou ingerir uma coisa doce, frio ou quente ;


Figura de furinhos em um ou mais dentes;


Manchas castanho ou brancas na superfície do dente ;


Receptividade ao enternecer num dente ;


Na ciclo principiante, várias vezes a consumição não apresenta qualquer sinal e, dessa forma, no momento em que surgem os primeiros sinais é bastante fundamental ir de imediato no dentista para afirmar o reconhecimento e começar o tratamento apropriado, evitando problemas como uma infecção mais dramático ou a redução de um dentes.


Como afirmar o reconhecimento


A melhor maneira de afirmar o reconhecimento de consumição dentária é aconselhar-se um dentista, uma vez que ele será capaz de usar equipamento sui generis que permite observar o interior da boca e todos os lados dos dentes, buscando pequenos furos que possa mostrar a figura de cáries. Por vezes, ao observar a figura de um ‘furinho’ no dente, o dentista bota um utensílio com uma ponta bastante fina, dentro desse buraquinho para avaliar sua fundura e se a indivíduo sente dor.


Tratamento para consumição dentária


A única maneira de alimentar uma consumição dentária é numa consulta com o dentista, não existindo um tratamento caseiro capaz de eliminá-la. Por vezes, basta somente 1 convenção para eliminar a consumição, com uma obturação no dente, porém no momento em que vários dentes estão afetados, o tratamento pode ser mais estirado e dispendioso, podendo ser necessário utilizar ao tratamento de canal ou até mesmo à afastamento do dente, que em seguida necessita ser cambiado pela prótese.


Saiba mais detalhes sobre o tratamento de cáries dentárias.


Como proteger-se as cáries


A melhor estratégia para evitar a consumição é surrar os dentes, ao menos, 2 vezes por dia para eliminar os ossada de alimento dos dentes e evitar a formação de padrão bacteriana. Ingerir um golinho de água depois de alimentar-se similarmente é uma ótima estratégia, especificamente no momento em que não se pode surrar os dentes.


Não obstante, mais afazeres essenciais incluem:


Coarctar o uso de açúcar e de alimentos que grudam nos dentes;


Proteger um nata dental com flúor constantemente que surrar os dentes;


Alimentar-se 1 maçã após a alimentação para apurar os dentes;


Alimentar-se 1 pedaço de queijo fulvo como cheddar, por exemplo para formalizar o ph da boca, protegendo os dentes das bactérias que geram cáries;


Ter constantemente um chiclete sem açúcar por próximo visto que a mastigação estimula a salivação e esta protege os dentes visto que não permite que as bactérias produzam o ácido que corroem os dentes.


Mudar o cordão dental e enxaguante bucal, especialmente antes de dormir, e se utilizar aparelho, constantemente depois de alimentar-se. Veja como surrar os dentes de modo correto para não ter consumição.

Além disso, é sugerido ir ao dentista a cada 6 meses, para realizar uma higienização mais profunda nos dentes, removendo totalmente a padrão bacteriana. Em alguns casos, o dentista pode similarmente adaptar uma fina mão de flúor nos dentes, especificamente nos das crianças para reforçar os dentes.
Alimentos que evitam as cáries
Assista no vídeo a seguir:

Além da maçã auxiliar a apurar os dentes e os queijos amarelos equilibrarem o ph da boca, diminuindo o perigo de cáries dentárias, há alguns alimentos que são capazes de a auxiliar nesse controle:


Alimentos fibrosos como cenoura, pepino e salsão;


Alimentos ricos em proteínas como atum, ovos e carnes, que similarmente são capazes de ser consumidos nos lanches em maneira de sanduíche.

Já os alimentos que precisam ser evitados são os doces, especificamente se for um petisqueira ou ingerido sem companhia no meio da tarde, visto que eles geram pouco complicações no momento em que consumidos após a alimentação, como pospasto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *