Lipo quanto tempo demora para desinchar

É comum ficar inchado depois de qualquer intervenção, com a formação de edemas e uma percepção de pesar. No caso do pós lipoaspiração não seria distinto. Trata-se de uma reação natural do corpo ao técnica.


Dessa maneira, não há como evitar o inchaço, porém é possível reduzi-lo. Neste post apresentamos algumas dicas simples de como labutar com a situação da forma mais ágil e sadio possível.


Por que acontece inchaço pós lipoaspiração?


É comum que as indivíduos se assustem com a visual do local depois de uma intervenção, acreditando até que ocorreu uma coisa errado. Não obstante, ficar inchado é completamente comum. Essa é uma maneira do próprio corpo experimentar recuperar o corte deixado pelo técnica.


O corpo acaba interpretando o tratamento como uma incendimento, provocando inchaço, edemas e vermelhão. Essa situação pode ser um pouco incômoda, porém pode ser resolvida se forem tomados alguns afazeres.


Quanto tempo tardada para desengrossar?


A intensidade do inchaço e o tempo que ele tardada para mudar pode variegar bastante de uma indivíduo para outra e de acordo com a maneira como ele foi combinado. No caso da lipo, pode ficar um pouco mais que os mais.


Frequentemente, o inchaço desaparece entre 4 a 6 semanas, podendo manter-se também por cerca de 6 a 8 meses. Tudo vai sujeitar-se dos afazeres que forem tomados após a lipoaspiração.


O que realizar para agilizar o processamento?
Efetua para diminuir o inchaço pós lipoaspiração com o utilização de malhas de condensação, drenagens linfáticas e o uso de chás e alimentos adequados.



Malhas de condensação


As cintas compressivas são essenciais para a recuperação após a lipo. Isto visto que elas não apenas reduzem o inchaço, assim como também auxiliam a criar o corpo. Precisam ser utilizadas nas primeiras 4 semanas ou pelo tempo que o médico achar preciso.

Saiba Mais: Muitas pacientes tem me perguntado a respeito do inchaço corporal após a cirurgia plástica


Drenagem linfática


A drenagem linfática auxilia a escoar o líquido mantido, diminuindo o inchaço. Pode ser feita 2 vezes por semana, totalizando cerca de 10 sessões. O melhor é se realizar manualmente, deixando o utilização de aparelhos somente para casos especiais e sob indicação do clínico.


Além disso, é bom enfatizar que não precisam ser feitas massagens, que são capazes de acabar agravando o inchaço. Dessa forma, é preciso buscar somente profissionais especializados em drenagem pós-operatória.


Refeição pós-cirurgia


Na ciclo pós lipoaspiração é fundamental utilizar vários alimentos ricos em fibras, vitaminas e minerais. Os frutos vermelhas são recomendadas por conterem anti-hemorrágicos e anti-inflamatórios. Já as cítricas contêm vitamina C, que amplifica a proteção. Se for necessário, busque auxilia de um dietista para adotar uma regime sui generis no tempo.


Chás diuréticos


Os chás verde, branco e erva-mate são abundantes em antioxidantes e são diuréticos, contribuindo a eliminar o líquido aglomerado no corpo. São capazes de ser consumidos de 2 a 3 vezes ao dia. O hibisco ou a cavalinha similarmente são capazes de ser boas opções.


Por fim, é bom reforçar a valia de consumir muita água e realizar alívio no pós lipoaspiração. É primordial seguir as recomendações do clínico plástico à risca, além de ter a percepção de que o inchaço é uma coisa comum e que vai mudar com o tempo.


Pretende saber mais sobre o assunto?

Por isso veja agora como é feita a lipoaspiração. Se tiver qualquer incerteza ou quiser associar como foi a sua experiência em seguida do técnica, deixe seu avaliação embaixo.

FONTE: https://www.r7.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial