Periodontia Gengiva

experiência dos dentistas são maximizados e aperfeiçoados com o utilização de tecnologias digitais criativas, transformando o atendimento odontológico clássico em uma experiência educado
Dores constantes na gengiva, sangramento e percepção de dentes enfraquecidos precisam ser vestígios de atento.

A enfermidade periodontal, temida por vários pacientes, é caracterizada pela incendimento e exterminação dos tecidos de proteção dos dentes. Sem a higienização correta da boca, as bactérias, os ossada de alimentos e as células mortas acabam produzindo a padrão bacteriana, e, o concentração dela, vira sedimento e consequência numa gengivite. Caso não seja fraude, pode-se alcançar ao estágio da periodontite. O Sorrisologia entrevistou o dentista especializado em periodontia André Alvim, a fim de comunicar as principais dúvidas na momento de alimentar este quadro.


CONTROLE E PRESERVAÇÃO PERIODONTAL


A terapia periodontal consiste em todo tratamento de preservação ou guarida da enfermidade. De acordo com André, essa terapia inicia-se depois de prescrito o controle da enfermidade periodontal. “ Esta ciclo do tratamento possui como propósito a prevenção da recorrência da enfermidade e consiste em um exame cirurgião periodontal e radiográfico que permita encontrar a situação atual do paciente ”, esclarece.

O dentista explica que nas consultas de preservação deverá similarmente ser executado os procedimentos de extinção de padrão bacteriana e sedimento. “Por se alimentar de uma enfermidade de etiologia bacteriana, nestas consultas de preservação são avaliados os práticas de higiene oral e, sendo preciso, reforçadas as orientações e ajustadas as técnicas de higiene oral ”.


A MELHOR PREVENÇÃO É CONSTANTEMENTE A HIGIENE BUCAL ADEQUADA


André ressalta que a escovadela correta dos dentes e o utilização apropriado do cordão dental é a melhor maneira de proteger-se a periodontite. O paciente precisa usar cremes dentais e enxaguante bucal com agentes antimicrobianos para extinção de bactérias, além disso, corporificar visitas regulares ao dentista para limpezas e exames é uma ótima saída.


TRATAMENTO PERIODONTAL


Vale reforçar que o tratamento da enfermidade periodontal não recupera o que foi transtornado, porém interrompe o aumento da enfermidade. Ou seja, a periodontite não possui cura, porém é uma enfermidade crônica controlável. A preservação correta da higiene bucal é o primeiro passo e, dessa forma, o paciente precisa permitir muita atenção à escovadela.

Converse com o seu clínico dentista! Ele será a indivíduo mais indicada para orientá-lo sobre as técnicas de saneamento.“ Frequentar o periodontista com frequência mínima de 3 em 3 meses, corporificar uma escovadela adequada e evitar os excessos de cigarro e bebida alcoólica é preciso para evitar traumas para a gengiva”, explica André.

Saiba Mais: Periodontia, Tratamento de doenças que comprometem e agridem os tecidos


A VALIA DA ESCOVADELA E UTILIZAÇÃO DE ENXAGUANTE PARA PORTADORES DE DOENÇAS PERIODONTAIS


André esclarece que os pacientes com complicações periodontais precisam, dessa maneira que acabar de alimentar-se, realizar uma escovadela adequada e utilizar o enxaguante bucal recomendado. Ele similarmente atento: “ Para os portadores de periodontite, a valia do enxaguante é bastante maior, uma vez que ele tem aquilo que se faz germicidas e bactericidas, o que auxilia a eliminar a padrão bacteriana”. Lembrando que, sem companhia, o enxaguante não resolve os complicações. É preciso que seu utilização seja amigo à uma ótima escovadela! Consulte seu dentista!

FONTE: https://www.r7.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial