Rinoplastia: dicas, cuidados e informações sobre a cirurgia de nariz

Uma das cirurgia mais frequentes em todo o mundo a rinoplastia, conhecida como cirurgia do nariz, é usada para melhorar a aparência e a proporção da nariz. Ela ajuda a focar a harmonia da face e aperfeiçoa a autoestima dos doentes. A cirurgia também pode corrigir dificuldades respiratórias causadas por anormalidades estruturais no nariz. A rinoplastia é a mais exigente e desafiadora das cirurgias plásticas da face. Ela exige um apurado senso de concórdia, aliado a um corpulento conhecimento de anatomia e de práticas cirúrgicas fundamental para conservar a boa respiração.

A decisão de se submeter a cirurgia é pessoal. É você quem deve absolver se os benefícios apanharão os seus objetivos e se os riscos e potenciais complicações são aceitáveis.

Em quais situações a rinoplastia pode ser aplicada

  • O perfil do nariz;
  • A ponta do nariz, que pode ser grande, caída ou muito arrebitada;
  • O tamanho do nariz, em relação ao restante da face;
  • A largura do dorso nasal;
  • Narinas grandes, largas ou arrebitadas;
  • Assimetria nasal e desvio.

Além dos fatores acima, a idade pode fazer com que a nariz sofra com a ação da oportunidade. A gravidade pode induzir o tecido da nariz para baixo e fazer com que a desabrocha fique para baixo e o deixe um pouco mais arredondada. Além disso, diversos estudos apontam que a cirurgia plástica de nariz pode alambicar a autoestima e o classe de vida das pessoas.

Problemas respiratórios também podem ser solucionados com a rinoplastia, como em personagens que roncam, que têm complicações para respirar ou que têm desgarro de septo ou outra deformidade nasal. o sinusite também pode ser causada por um desvio de septo ou outra condição que exija uma intervenção cirúrgica. Nestes casos a cirurgia plástica pode ser necessária para avantajar a respiração e a qualidade de vida do paciente. Comumente quebrados durante a experiência de esportes ou acidentes e quedas, os narizes quebrados podem ser consertados por meio da rinoplastia.

Como é a cirurgia de nariz

Etapa 1 – Anestesia

Medicamentos são administrados para o seu conforto durante o procedimento cirúrgico. As opções incluem sedação intravenosa e anestesia geral. Seu médico irá deputar a melhor opção para você.

Etapa 2 – Incisão

A cirurgia do nariz é realizada ou por procedimento cerrado, em que os incisões são escondidos no âmago do nariz, ou por procedimento aberto. É feita um corte através da columela, bandagem estreita de tecido que alonga as narinas. Através destas incisões, os tecidos moles que cobrem a nariz são cuidadosamente levantados, permitindo o acesso para remodelar a estrutura da nariz.

Etapa 3 – Remodelação da estrutura do nariz

A cirurgia do nariz pode encolher ou aumentar as composições nasais com o uso de cartilagem enxertada de outras áreas de seu corpo. Mais comumente, partes de cartilagem do septo, a partição no meio da nariz, são usadas para esta decisão. Algumas vezes, parte de cartilagem da orelha e em algumas vezes, parte da cartilagem da costela pode ser usada.

Etapa 4 – Correção de desvio de septo

A correção de desvio do septo e a reestruturação nasal podem melhorar a respiração.

Etapa 5 – Fechando as incisões

Uma vez que o corrige subjacente do nariz é esculpida na forma desejada, a pele e a cadeia nasal são acomodados e os incisões fechadas. Incisões adicionais desramem ser feitas nas rugas naturais das narinas para alterar o seu tamanho.

Etapa 6 – Resultados

Uma imobilização com curativo e a bucha internos darão sustentação à nariz à medida que a cirurgia começa a cicatrizar o tampão geralmente é retirado na crucial dia pós-operatório e o curativo externo com uma semana. Enquanto o inchaço incoativo diminui dentro de algumas semanas, pode levar até um ano para o novo contorno nasal ser redefinido completamente. Durante este período, você abarcará mudanças graduais na aparência de seu nariz. A inchação pode aparecer e desaparecer e ser um curto pior pela manhã, durante o primeiro ano, após a cirurgia. A rinoplastia para remodelar a via aérea obstruída requer avaliação cuidadosa da elabora nasal que se declara ao fluxo de ar e alento. A correção de desvio do septo, uma das causas mais comuns de inaptidão respiratória, é conseguida através do ajuste da configuração nasal para produzir um melhor alinhamento.

FONTE: https://g1.globo.com/

FONTE: https://www.r7.com/

FONTE: https://www.terra.com.br/noticias/

FONTE: https://noticias.uol.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial