Toxina botulínica efeitos colaterais

A toxina botulínica tipo A, ou apenas botox, é uma elemento obtida da bacilo Clostridium botulinum e empregada nos tratamentos de rejuvenescimento facial para coarctar a visual de rugas e marcas de expressão. São conhecidos vários casos de paralisia dos movimentos faciais e assimetrias na regiãos das sobrancelhas e dos olhos depois de seu utilização. Também dessa maneira, o técnica é cada vez mais popular.


No Brasil, não há dados efetivos sobre as aplicações realizadas, porém os dermatologistas afirmam que este é um dos recursos mais procurados. Nos Estados Unidos, mais de 4 milhões de procedimentos com botox foram realizados em 2012, de acordo com estudo da Academia Americana de Intervenção Plástica e Plástica (ASDS).


Para saber quais os riscas do tratamento, o Portal NAMU conversou com a dermatologista Ada Regina Terno de Almeida, médica do Hospital do Criado Público Municipal de São Paulo e braços da Clube Brasileira de Dermatologia (SBD) e de Clube Brasileira de Intervenção Dermatológica (SBCD).

Saiba Mais: A toxina botulínica, conhecida como botox, é um dos tratamentos estéticos mais procurados


Frente siderado


Entre os vários usos do botox, como tratamento de complicações de imoderação urinária, distonia muscular, entre outros, o mais comum é sua aplicação na rosto para lenir marcas de expressão. O medo de ficar com o frente siderado, não obstante, ronda aqueles que buscam na técnica uma saída para censurar o que acreditam ser imperfeições. “A parede muscular não é uma coisa comum. Se um médico profissional corporificar a aplicação, os riscas serão pequenos. Os tratamentos com a toxina botulínica tipo A buscam descansar a musculosidade para lenir as expressões faciais e não paralisá-las”, afirma Almeida.


A setor entre as sobrancelhas (glabela) pode ajudar para permitir a impressão de que uma indivíduo está brava ou de malévolo humor. Os músculos dessa região tem influencia similarmente a opinião das sobrancelhas. “Aplicamos a toxina para coarctar a preocupação desses músculos e reposicionar a sobrolho de forma que sua visual fique mais relaxada”, explica Almeida.


Riscas


A aplicação do botox é bastante procurada visto que não oferece tantos riscas quanto as cirurgias plásticas e seus efeitos nocivos são raros. Porém, eles há. Nas primeiras 24 horas depois de o tratamento, é possível ocorrer sinais similares com o da constipação ou leves dores de cabeça.


O dificuldade mais comum é a assimetria facial, ou seja, ficar com uma sobrolho mais erguida que a outra, uma parte do frente mais enrijecida ou até mesmo um atenção mais tapado do que o outro. Essa diferença apenas diminui no momento em que a toxina perde resultado, o que pode demorar de quatro a seis meses.


Além de adulterar a expressão do frente, o utilização infundado do botox pode provocar ptose, que é a queda das pálpebras. Vários médicos desaconselham a aplicação nas têmporas ou na parte flanco da gerência. Costuma-se contraindicar a toxina similarmente destinado a pessoas que contem flacidez acentuada na pele do frente, uma vez que isso pode enxovalhar também mais o dificuldade.


O botox é contraindicado similarmente para mulheres grávidas ou que estejam amamentando. Almeida adverte que é fundamental confirmar ao médico similarmente sobre casos de qualquer enfermidade autoimune ou neuromuscular, como distrofia muscular, miastenia gravis, miopatias, entre outras.


Como as aplicações são feitas em músculos, é fundamental que o profissional conheça bem a exame facial e o produto a ser empregado. De acordo com Almeida, os dermatologistas e cirurgiões plásticos são os mais recomendados no caso dos procedimentos cosmiátricos, que são técnicas que privilegiam a plástica e a visual do paciente.


Há várias marcas da toxinas para utilização estético

Como algumas evidencia atuação mais ampla que outras, são capazes de paralisar a região ou atingir um massa magra malquisto se forem aplicadas além do preciso.

Faz mal?


Se aplicada em doses corretas, a toxina não prejudica o paciente, nem sequer em prolongado tempo, afirma a dermatologista. “Os efeitos do botox são totalmente reversíveis e os ingredientes contidos nele são absorvidos pelo corpo com o tempo ”, diz Almeida. “ Além disso, a porção aplicada com seringas e agulhas do tipo de insulina para coarctar a aparências das rugas é bastante baixa. O ameaça de botulismo ou de infecções há, porém é irrelevante, diz Almeida”.


Porém, se dado em grandes quantidades ou atingir músculos que não sejam da região a ser fraude, o botox pode provocar paralisia em outras partes do corpo. Outro perigo da aplicação é a contaminação por botulismo que, embora de bastante rara, pode acontecer por inexperiência do profissional.


O botulismo é uma enfermidade causada pela bacilo da qual é originado o botox e pode paralisar os músculos, além de provocar dificuldades para deglutir os alimentos. Em casos graves, o micro-organismo prejudica a respiração e pode até realizar com que o coração, maior massa magra do organismo, perca sua flexibilidade. Porém, para que a enfermidade se desenvolva, a elemento precisa ser injetada em grande porção no corpo uma vez que o forma mais comum de conseguir a enfermidade é pela consumo da toxina.


O Food and Drug Administration (FDA), órgão que regulamenta o utilização de fármacos e alimentos nos Estados Unidos, afirma que o perigo mortal de botulismo há somente no produto adquirido no mercado intolerado, uma vez que não tem apólice de qualidade. No Brasil, a toxina para técnica é certificada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).


Para homens e mulheres


O público feminil também lidera a procura por procedimentos estéticos nos consultórios dermatológicos brasileiros. Porém, os homens, especialmente os mais jovens, evidencia buscado cada vez mais estes tipos de tratamentos nos últimos anos, de acordo com Almeida.


A profissional brinca ao expressar que primeiro os homens mandam as esposas testarem o tratamento para renovar. Se o resultado deliciar, eles as imitam. Almeida conta que a idade média dos interessados diminuiu: eles evidencia pretensioso os consultórios já a partir dos 35 anos.


“ Não há idade divisa. Há pacientes com 70 anos que recebem aplicações de botox. O que renovação é a intensidade do tratamento ”, diz Almeida. Ela explica que, ao contrário que se pensa, os músculos não ficam resistentes ao produto. Na maioria das vezes, o resultado é o mesmo.

Com o envelhecimento da pele, é possível que a aplicação de doses maiores seja essencial. Porém ela atento que, em alguns casos, algumas indivíduos são capazes de reproduzir anticorpos para a toxina, o que tende a reforçar a resistência aos efeitos do produto. Por este razão, é fundamental interessar o paragem de quatro a seis meses entre as aplicações.

Visual plastificada


Um dos medos que ronda as indivíduos que se submetem às aplicações de botox é a eventualidade de ficar com a expressão facial plasticada. Almeida afirma que na maioria das vezes é o próprio paciente quem pede este fachada. “ Vários acham belo, é uma discórdia de estilo. Alguns pedem para dessa forma, mais preferem uma coisa mais natural ”, comenta.


“Na aberta do tratamento, é primordial que o médico considere a idade do paciente para que ele não fique com a visual traiçoeira. Se você olhar uma indivíduo de 70 anos que não possui nenhuma ruga, vai julgar, e com motivo, que alguma coisa está errada, afirma Almeida.”


Mais tratamentos


A dermatologista diz que outra comprovação de que a toxina botulínica tipo A não traz efeitos nocivos é o feito de que ela pode ser usada em vários tratamentos terapêuticos. Nesses casos, as doses utilizadas são maiores, já que o local a ser combinado é maior.


A descoberta do utilização da toxina botulínica tipo

A para o tratamento de rugas foi feita pelo casal de oftamologistas canadenses Jean e Alastair Carruthers em 1987 no momento em que a utilizavam para alimentar bleforospasmo, enfermidade que pleito uma problema muscular na região dos olhos. A toxina pode ser usada similarmente em tratamentos de paralisia facial e em pacientes que sofreram acidente vascular cerebral AVC. Como relaxante muscular, ele pode ajudar similarmente no tratamento de casos de degeneração ou dores de cabeça de origem muscular.

FONTE: https://www.r7.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial