Tratamento Endodôntico

Muita gente possui medo de ir ao dentista realizar uma consulta de cotidiano. Porém no momento em que se fala em tratamento de canal, este medo se intensifica. A melhor maneira de desmistificar essa técnica, que similarmente pode ser tragada de endodontia é aprendendo mais sobre o assunto. “O tratamento de canal nada mais é que o tratamento da parte interna ( massa ou substância ) do dente. Ele consiste na retirada do fazenda pulpar e pospositivo sebe do canal “, explica a odontologista Renata Martins, encarregado técnica da Odontoclinic.

Parece difícil, porém não é! Este tipo de tratamento é realizado no momento em que há um tipo de violação na massa do dente, que geralmente pleito dores. “Outra recomendação comum da endodontia é no momento em que ocorre um tipo de aguaceiro no dente e racional morte pulpar”, considera a profissional.


Então, se você for ao dentista e ele disser que você necessita realizar um tratamento de canal, não assuste! Para permitir mais segurança, tire algumas dúvidas comuns antes do tratamento:


Toda dor de dente pede tratamento de canal?

Não, nem sequer toda dor de dente é fraude com endodontia, afinal de contas há outras motivos para ela! ” Às vezes a dor de dente pode ser cabida à consumição profunda, à receptividade dentária pela descrição da raiz ou até mesmo às dores provenientes da gengiva que são capazes de ser associadas a dores de dente “, explica Renata.
Porém a única maneira de saber isto, como ressalta a odontologista Camila Lanfredi, profissional em Endodontia, é investigando e observando a dor de dente do paciente.


O tratamento de canal dói?


A ótima explicação é que o tratamento de canal não dói na momento. Porém, como ele é uma jovem intervenção, pode efetivamente provocar incômodos em seguida. “Dependendo da intensidade de incendimento e ou do nível de infecção pode ocorrer pesar pós-operatório”, frisa Camila. Apenas que isto não é exemplo.


Além disso, como lembra Renata, não realizar o tratamento de canal pode provocar também mais dor no final das contas. ” Em alguns estágios da dor ela pode ser amenizada com remédios, porém chega uma momento que os remédios não fazem mais resultado e a única saída é o tratamento de canal “, considera a profissional.


Em quantas sessões ele é realizado?


A endodontia pode ser feita em somente uma convenção. Não obstante, se houver problemas, este algarismo pode reforçar. “A porção de sessões pode variegar de acordo, por exemplo, com o nível de incendimento e infecção do dente, com a dificuldade anatômica e similarmente com o nível de dificuldade que cada caso possa entregar “, frisa Camila.

Saiba Mais: Planejamento do Diagnóstico e Tratamento Endodôntico


Pode permitir qualquer história?


Problemas são possíveis, como em qualquer outro tratamento. O mais comum é ocorrer uma poço da raiz, no momento em que há um chave do utensílio. ” Essa poço pode ser fraude e fechamento, no entanto apenas um profissional está talhado a corporificar essa técnica de modo correto “, adverte a odontologista Renata.


Além disso, pode ocorrer complicações como quebra de via dentro do canal, calcificações que impedem o acesso do dentista ao dificuldade ou mesmo uma dificuldade anatômica do paciente, que atrapalham o tratamento, como enumera Camila Lanfredi.

Que afazeres necessário ingerir depois de cada convenção?


Não são importantes vários afazeres depois de o canal, somente evitar a mastigação em cima daquele dente buscado, para que ele fique em alívio. Não obstante, é possível que o paciente faça isto mesmo que inconscientemente. ” Além disso, é fundamental preservar a higiene adequada e ingerir de modo correto as remédios no momento em que prescritas por seu dentista “, considera Camila.


O que ocorre se eu não fizer a endodontia?


Bastante pode ocorrer no momento em que é necessário realizar o tratamento de canal, porém se foge do dentista. “O dente que não é combinado endodonticamente, vira um foco de infecção no corpo do paciente, que é perigoso uma vez que, se não combinado e excluído, a infecção pode cair na corrente sanguínea e o paciente pode ter sérios complicações sistêmicos”, explica Renata.


Além disso, outras problemas são capazes de manifestar-se. ” Vale advertir que esse processamento pode transformar para a formação de abscesso estrídulo, gerando grande inchaço facial. Esse quadro infeccioso pode se reintegrar bastante dramático no momento em que não se consumo atendimento de necessidade, podendo transformar para angina, podendo fazer dificuldades respiratórias com possível fechamento completo das vias aéreas”, considera Camila.


Que mais tratamentos são capazes de trocar o tratamento de canal?


Lamentavelmente, uma vez que há um dificuldade na massa do dente, a única maneira de tratá-la é por meio da endodontia. “O único tratamento que pode trocar o canal é a retirada do dente. No entanto, se um dente também possui como eventualidade o tratamento de canal, a procedência dele é contraindicada pela dificuldade de recolher este componente em seguida “, considera Renata.


Por que pode ser necessário realizar de novo um tratamento de canal?


Ao realizar a endodontia em um dente, o mais comum é que ele esteja amadurecido e não seja mais necessário mexer nele. Até mesmo, o tratamento de canal é o técnica com maior tarifa de sucesso na odontologia. Não obstante, constantemente há exceções. ” No momento em que tratamos um dente endodonticamente, nós eliminamos o substância do dente, no entanto o material apresentado no lugar do substância para vedar o lugar pode sentir contaminação e essa contaminação pode atingir o cabeça da raiz “, considera Renata. No momento em que isto ocorre, pode fazer pús na região, o que propicia o começo de bactérias. E para eliminá-las, apenas retratando.

FONTE: https://www.r7.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial